Rádio Muzangala

image-_7_
5ac2323ed1e2e5.99164219
Post_Radio_Muzangala_Ao_Site.png
ANUNCIE_-_CONNOSCO (1)
PROMOVA (1)
previous arrow
next arrow

ENSINAMENTOS DE AGOSTINHO NETO EXIBIDOS EM ESPECTÁCULO

 ENSINAMENTOS DE AGOSTINHO NETO EXIBIDOS EM ESPECTÁCULO

Mantsanga Mama

 “Mantsanga Mama” é o título da peça de teatro do colectivo de artes Madiwano, sobre a história dos movimentos de libertação no país, a ser exibida, hoje, às 19h00, no Elinga Teatro, inserida na programação do Circuito Internacional de Teatro (CIT), que este ano, acontece em Luanda, Huíla e Bengo.

De acordo com o encenador e autor do texto, Mbando Nsingui, o espectáculo, com a duração de 45 minutos, é interpretado por quatro actores e narra a história dos três principais movimentos de libertação de Angola, o MPLA, FNLA e UNITA. A exibição da peça enquadra-se nas comemorações do centenário do Fundador da Nação, António Agostinho Neto.

A história reflecte a importância dos movimentos de resistência em Angola, pelo conjunto de acções desenvolvidas na clandestinidade por um grupo de pessoas que defenderam o país, na luta contra a dominação colonial portuguesa.

Os esforços implementados pelo primeiro Presidente da República, António Agostinho Neto, como um dos defensores dos indígenas, as atrocidades perpetuadas pela opressão colonial, disse, levou ao desenrolar de várias acções no teatro das operações militares no território nacional.

Após a independência, em 1975, o país, recorda, foi arrasado por uma guerra civil que se prolongou até 2002. Essas e outras inquietações são abordadas durante o espectáculo.

Na perspectiva de Mbando Nsingui, a morte prematura de Agostinho Neto esteve na origem dos vários conflitos e desentendimentos entres “irmãos angolanos”. Para a construção do texto dramático, disse, precisou criar um enredo de conflitos, com base nas várias interpretações feitas sobre as ideologias de Neto.

Criado em 2003, o colectivo de artes Madiwano já exibiu mais de 20 peças, dentre as quais, “Bebé Gigante”, “Amor de rosas”, ” Maka no Alambamento” e “Vale apenas tentar”.

Rádio Muzangala

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE